Psicologia das cores, as luzes de seu Spa/Banheira e suas sensações

Psicologia das cores, as luzes de seu Spa/Banheira e suas sensações

Psicologia das cores, as luzes de seu Spa/Banheira e suas sensações

Psicologia das cores, as luzes de seu Spa/Banheira e suas sensações

De forma simples, vamos esclarecer como as cores são identificadas pelo cérebro humano, transformando essa absorção em sensações. Você deve estar se perguntando “o que essa psicologia das cores tem haver com os produtos da serras banheiras?”. Certo?. E posso esclarecer para você essa questão. Vamos entender de forma simples os efeitos das cores presentes no tratamento de Cromoterapia por exemplo, tema tratado em postagens anteriores e usado em nossas banheiras ou spas de hidromassagem. Psicologia das cores, as luzes de seu Spa/Banheira e suas sensações.

Quando tratamos de psicologia das cores, estamos falando sobre emoções e sentimentos, onde através das cores pode-se gerar as sensações de bem-estar, vitalidade até mesmo o prazer. Se tem uma de nossas banheiras em casa com as luzes coloridas dentro dela, com certeza se identificou com uma ou todas essas sensações. Correto?

E é exatamente isso que vamos tratar, deixando de forma clara o por que seu humor muda, suas emoções começam a trabalhar e suas sensações são entre relaxamento e prazer no momento de imersão em uma banheira de spa, quando seu interior é composto por luzes que com pequenos intervalos de tempo alternam de cores.

Existem artistas que entendem como algo complexo,  a captura da sutileza das cores, sendo assim, podemos perceber a dificuldade em definir os impactos dessas cores no corpo humano. Claude Monet, pintor francês consagrado por suas obras voltado ao movimento impressionista dizia que o mundo das cores era sua obsessão diária, sua alegria e seu tormento.

As cores trabalham de maneiras diferentes em nosso cérebro, estimulando o mesmo. Esse fato é comprovado com base algumas culturas antigas, como os Egípcios por exemplo, que usavam das cores para curar ou promover um estado emocional particular. Assim como as cores usadas em suas artes eram bem definidas, como o vermelho que significava o reflexo da vida, da terra, da vitória e também da raiva ou fúria dos Deuses hostis.

Cada cor tem sua particularidade com relação aos estímulos do cérebro. Cada uma com seu significado próprio.

Além de ser trabalhado em consultas terapêuticas com o processo de cromoterapia, esse método migrou para o marketing, onde ele é usado no Neuromarketing, já que reagimos com os estímulos das cores.

Alguns significados e curiosidades:

O Azul é uma cor que passa a sensação de confiança e segurança, é uma cor bastante usada no mundo corporativo. Seus conceitos estão ligados a espiritualidade e fantasia.

O Vermelho é uma cor que intensifica os batimentos cardíacos, uma cor sedutora, quando visualizamos ela logo lembramos do amor ou ódio. Ela é capaz de despertar nosso lado agressivo.

O Verde é umas das cores que traz como conceito o crescimento, renovação e renascimento. Promove a sensação de liberdade, paz e cura. Mas assim como existem muitas variações de tonalidades do verde, também variam dos tons para seu efeito. Como o verde opaco por exemplo, que representa o dinheiro, economia. Existem mais de 100 tons de verdes, e os intermediários são os maiores estimulantes. Além de ser muito útil para quem esta passando por uma depressão.

O Laranja promove sensações positivas como também a sensação de “sabor”.

O Branco é a paz, a pureza e tranquilidade.

Em resumo, as cores influenciam de uma forma que você talvez não imagina-se em seu ambiente de trabalho, em sua casa, onde estiver ela vai estar trabalhando em seu organismo, podendo fazer com que você tenha diversos estímulos de acordo com a energia que estará absorvendo.

Compartilhe esse post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


%d blogueiros gostam disto: